sistema-de-gestão-de-supermercados-sua-importância-e-como-escolher

Sistema de Gestão de Supermercados: Sua Importância e Como Escolher

  • O sistema de gestão para supermercados é uma ferramenta que ajuda a melhorar o atendimento e a otimizar os serviços dentro do ponto de venda.
  • Ele pode ser um excelente recurso para agilizar o atendimento ao cliente e para levantar números precisos que ajudem na gestão financeira da loja.
  • Além disso, os sistemas mais modernos ajudam a obter resultados precisos, o que ajuda a empresa a fazer um balanço mais apurado de seu negócio.
  • No entanto, é preciso certificar-se de que o serviço contratado atende todas as demandas do estabelecimento. Senão, isso pode prejudicar o comerciante.

A tecnologia é um aliado importante para oferecer conforto ao consumidor na hora das compras e para oferecer praticidade à equipe de trabalho na hora de desempenhar e organizar as tarefas, especialmente as que exigem cálculos e levantamentos aprofundados para ajudar a fazer o controle de um estabelecimento. Por causa disso, os supermercados devem investir em um bom sistema de gestão na hora de expandir e inaugurar seu negócio.

No entanto, este sistema deve ser bem escolhido, levando em conta as demandas da empresa, e isso envolve toda a parte administrativa, fiscal, financeira e de estoque. Quando o software é selecionado de maneira adequada, o planejamento de estratégias e metas futuras melhora e, por isso, os supermercadistas devem dar preferência para aqueles que foram desenvolvidos especificamente para o seu modelo de negócios.

Os sistemas de gestão têm o objetivo de facilitar os processos de venda. Assim, agilizam a compra para o consumidor e também aumentam a boa experiência do cliente dentro do ponto de vendas. Por isso, transmite uma boa impressão para o cliente e pode ser um recurso importante para ajudá-lo a se engajar mais como um consumidor daquele estabelecimento. Portanto, essa tecnologia deve fazer parte da estratégia do comerciante.

Por Que Implementar um Sistema de Gestão?

Para estabelecimentos que querem fazer sua inauguração ou que pretendem expandir os seus negócios, é importante acompanhar as tendências de mercado. Hoje, mesmo os comércios médios e até os pequenos mercados utilizam novas tecnologias devido às diversas vantagens que elas podem oferecer. Entre alguns motivos, podemos citar:

Atendimento

Formas de atendimento manual ou que estão mais obsoletas fazem com que o tempo de atendimento seja maior nos pontos de venda. Essa demora é sempre desagradável para o cliente, principalmente porque pode gerar um grande aumento nas filas, e isso pode ser um fator que desestimula as pessoas na hora da compra.

Os sistemas de gestão modernos ajudam a agilizar o atendimento, permitem a combinação de diversas formas de pagamento e isso também facilita para o atendente na devolução do troco. Essa comodidade no atendimento aumenta a satisfação do cliente, minimiza as frustrações que ele pode ter na hora do pagamento e contribui para o crescimento das vendas.

De acordo com a High Tech Retail, pesquisa realizada pelo Grupo Croma, o consumidor brasileiro recorre à tecnologia na compra para ter mais:

  • Economia de tempo
  • Comodidade
  • Autonomia e bem-estar nas compras. 

A pesquisa também mostra que 80% dos clientes passam a considerar mais lojas que usam tecnologias e 79% recomendam o estabelecimento. O que mostra que essas ferramentas possuem um papel muito importante para a fidelização de novos consumidores.

Gestão

Um sistema de gestão para supermercados é um recurso que auxilia bastante na identificação da entrada e saída de mercadorias. Isso é importante para otimizar a gestão de estoque, pois uma vez que os produtos estagnados são identificados, fica muito mais fácil elaborar promoções ou traçar novas estratégias de venda para eles, além de planejar a reposição de produtos que estejam em falta.

Uma vez que o comerciante consegue alcançar uma boa gestão de suas mercadorias, isso o ajudará a verificar quais são os melhores produtos para compor as prateleiras e a planejar a reposição de estoque de acordo com a previsão de demanda de cada item, entre outras operações que ajudam a manter as vendas mais altas.

Monitoramento de Resultados

Os levantamentos de dados estatísticos do estabelecimento podem ficar comprometidos se forem feitos de forma manual, pois esse processo está sujeito a erros humanos. Por sua vez, informações automatizadas ajudam a obter resultados mais precisos, o que contribui para um monitoramento mais confiável e aprofundado dos números da empresa.

Investir em um sistema de gestão específico para supermercados pode ter custos para um estabelecimento, mas é um gasto que pode compensar por causa de seu grande potencial lucrativo.

Qual é o Melhor Sistema de Gestão?

Existem algumas características que definem um bom sistema de gestão para supermercados. Entre as principais, podemos citar as seguintes:

Funcionalidade

O sistema deve ter uma tecnologia avançada, seguindo a tendência atual de mercado, de forma que o operador consiga relacionar o setor de vendas, de compras e controle de estoque. Atualmente, muitos dispositivos permitem fazer armazenamento de dados de forma online, o que é muito útil devido à praticidade e à redução de gastos com infraestrutura e suporte técnico.

Para o supermercadista, é fundamental que o sistema emita relatórios gerenciais, pois esses dados contribuem para a gestão na hora do planejamento estratégico e também para o controle do estoque.

Também é importante que o sistema desempenhe as funções de pagamento com cartão de crédito e débito, além de gerar o arquivo fiscal pois, como veremos no tópico a seguir, o estabelecimento depende dessas informações para se manter funcionando.

O principal fator a se ter em mente com relação à funcionalidade é que o sistema precisa facilitar as operações do supermercado e, independente do software contratado, ele precisa entregar todas as funções prometidas.

Sistema compatível com normas fiscais

Todo software deve emitir os cupons fiscais dos produtos. Cada nota é repassada para a contabilidade e isso fará parte do balanço da empresa, junto com os demais impostos. Portanto, as atividades do estabelecimento precisam ser formalizadas e o sistema de gestão deve estar de acordo com as leis do país.

Nessas horas, é importante ter atenção, pois cada mercadoria vendida também precisa de validação fiscal. Para o comerciante, é muito mais cômodo ter um sistema que faça a classificação de forma automática, ao invés de precisar lidar com isso de forma manual.

Com relação a este tópico, o supermercado deve buscar um software que o ajude a se adequar à lei, mas que também o auxilie na gestão financeira e a poupar tempo em relação aos processos mais complicados.

Possui assistência técnica

Problemas dos mais variados tipos estão sujeitos a acontecer com o sistema de gestão do supermercado, o que pode resultar em problemas inclusive nas horas de maior movimento no ponto de venda. É importante se certificar de que a empresa que presta o serviço de software tenha disponibilidade para fazer a manutenção do equipamento em qualquer hora que isso seja necessário. 

Possibilite a criação de promoções

As promoções são um grande atrativo para todo comércio varejista. Por isso, o sistema de gestão deve atender demandas como ofertas, descontos especiais e outras estratégias do gênero e emitir um relatório sobre as ações promocionais do ponto de venda. Esse tipo de informação pode ser obtida diretamente com o fornecedor do software.

Conclusão

Para um supermercado que esteja inaugurando ou expandindo suas atividades, é importante que ele tenha um sistema de gestão exclusivo para seu modelo de negócio. Isso o ajudará a melhorar o atendimento ao cliente, oferecendo um atendimento mais rápido e de melhor qualidade. Para o estabelecimento, a otimização ajuda na hora de fazer a gestão, pois os softwares oferecem dados precisos sobre arrecadação e controle de estoque.

Com relação ao atendimento, o ganho de agilidade com a tecnologia oferece ao cliente uma melhor experiência de compra, o que também apresenta um potencial em fidelizar o consumidor. Além disso, os sistemas de gestão modernos oferecem mais formas de pagamento, ajudando na personalização da compra, o que também proporciona comodidade ao comprador.

Para o atendimento, os dados emitidos pelo software ajudam a verificar a saída e entrada de mercadorias. Isso é importante para o planejamento estratégico da empresa, pois ao verificar os itens que estão vendendo mais ou menos, é possível fazer ofertas, criar melhores composições para o mix de produtos e antecipar a reposição de estoque com base no que foi previsto através da análise das informações emitidas pelo sistema.

Cada empresa deve escolher um sistema de acordo com sua própria demanda. Porém, os softwares mais modernos oferecem opções de armazenagem online, o que demanda menos infraestrutura e manutenção. É importante que ele permita combinar formas de pagamento como cartão de crédito e débito, emita relatórios gerenciais e é fundamental que faça a validação fiscal de forma automatizada e emita cupons de acordo com a lei.

Na hora de contratar um sistema, o comerciante também precisa levar em consideração fatores como a criação de promoções, pois ele precisa se adequar a essa demanda e emitir relatórios sobre as ações promocionais. É preciso considerar também o fator praticidade, pois um software pode apresentar problemas que necessitem de assistência técnica, e o horário de funcionamento desse serviço deve estar de acordo com o do supermercado.

Links Para Leitura